"Britannic House", de Edwin Lutyens

Os arquitetos que fizeram Londres
1877- 1951

11.05.08 09:19 | comente este blog A National Portrait Gallery está com uma exposição em que Londres é sua maior vedete. Ela concentra na figura de 4 arquitetos que foram responsáveis pelos maiores redirecionamentos arquitetônicos entre 1877 e 1951, por dar a cara que a cidade tem hoje em dia e influenciar a vida de seus habitantes para sempre.

A exposição, uma declaração de amor a Londres, vai até o dia 4 de Junho na Royal Portrait Gallery, centrada especialmente em obras dos arquitetos Richard Norman Shaw, Aston Webb, Edwin Lutyens e Charles Holden.
 
... /+/

Antonio Peticov

DASLU Moda & Arte na exposição Ponto
de Vista

10.05.08 10:24 | comente este blog Depois da maratona fashion internacional onde marcas como Chloé e Dolce & Gabanna apostaram nas estampas “artsy”, ou seja, em pinceladas coloridas e manchas diluídas, a mostra DASLU Moda & Arte que acaba de inaugurar assina a presença da tendência que não é tão nova assim: a sintonia da arte com a moda.

Eliana Tranchesi, diretora da Daslu teve a idéia de estampar obras de arte em roupas e convidou a marchand Mônica Filgueiras para selecionar artistas que tivessem uma linguagem dentro das tendências atuais como o grafismo e o abstrato e que pudessem ser adaptados à outro tipo de suporte que não fosse a tela!

A idéia é o consumo não só de moda, mas também de arte e cultura num ambiente chique.... /+/

Museu de Arte Contemporânea, Niterói- de Oscar Niemeyer

O Brasil nas curvas sinuosas do
design

09.05.08 10:40 | comente este blog Ao olharmos em volta da nossa cidade ou mesmo a casa que vivemos, muitas vezes deixamos escapar ao olhar pérolas do puro design brasileiro. Na cidade de Niterói, no Rio de Janeiro, um disco voador está personificado em forma de museu, por exemplo. O Museu de Arte Contemporânea, o MAC é um exemplo do design na arquitetura contemporânea pelos olhos do mestre Oscar Niemeyer, o mesmo que assinou com o brilhante Lúcio Costa, nossa capital federal e seu plano piloto, em Brasília.

Se formos a Belo Horizonte veremos ali no coração do lago da Pampulha, as curvas de seu conjunto arquitetônico. Se dermos um pulo em São Paulo, entre enormes prédios e magníficos parques vamos nos deparar com a Oca do Ibirapuera. E vamos ao Nordeste, ao Sul, Brasis !

Mas você sabe que design e arquitetura apesar de beber de muitas fontes parecidas e correlatas são, por muitos, encarados como atividades distantes. Então o que é design? ... /+/

Traje de chegada da Princesa bordado com fios de ouro

Festa Barroca Italiana: Trajes da
Corte do século 17 - A Moda

06.05.08 23:23 | comente este blog A mansão que abriga o Museo de Arte Decorativo em Buenos Aires recebe a mostra Festa Barroca Italiana: Trajes da Corte do século 17 realizada pelo Kings Studio, onde fica de março a maio de 2008, e segue para Córdoba, Chile, Uruguay, Peru e outras cidades pelo mundo. A exposição combina com os luxuosos salões de estilo francês do prédio que começou a ser construído em 1906.

Vale reforçar de antemão que esta exposição não é de trajes da época como se imagina a princípio, mas de RÉPLICAS sobre a HISTÓRIA DOS TRAJES do século 17. As roupas são todas feitas a partir de pinturas da época.

O Instituto King Studio tem como missão pesquisar trajes históricos com o objetivo de reconstruir o passado aos olhos de hoje do que se encontra somente nas pinturas. Fausto Fornasari, diretor do projeto, explica que a proposta é re-criar réplicasdos luxuosos Trajes Romanos para tais tipos de festas, no caso "Festa Barrocas e Renascentistas", com inspiração nos quadros do período histórico, pois poucas roupas da época encontram-se presentes nos museus; a maioria se deteriorou ou perdeu as cores originais, e não refletem o esplendor do passado.
... /+/

?Cavalgada representada em honra de Cristina da Suécia no Palácio Barberini de Roma? , por Filippo G

Festa Barroca Italiana: Trajes da
Corte do século 17 - A Festa

06.05.08 23:21 | comente este blog A antiga festa do final do século 16 até metade do século 18, conhecida como “festa barroca e renascentista” é a raíz de muitas manifestações festivas modernas em diferentes países do mundo, como desfiles, cavalgadas (desfiles com cavalo), concertos, dança, teatro e muitas formas de espetáculo como conhecemos hoje. Acontecia durante todo o ano, e era verdadeiramente o ESPETÁCULO e o ENTRETENIMENTO do passado.

A Festa Barroca sempre tinha um TEMA, assim como sempre devia acontecer em local ao AR LIVRE, onde montava-se um cenário em frente do Palácio do Anfitrião da Festa para receber a nobreza (nos camarotes superiores) e o clero (nas arquibancadas). Esta estrutura inclusive tampava a fachada do palácio.
... /+/

Aftermath(Emerson)- 1998

Vik Muniz- A Exposição

05.05.08 12:47 | comente este blog Quem viu a exposição de Vik Muniz na XXIV Bienal de São Paulo pode constatar, já naquela época, certa preocupação do artista com a questão do abandono social: crianças desenhadas com açúcar (retratos de filhas de trabalhadores de canaviais caribenhos), crianças de rua retratadas com lixo urbano, numa crítica contundente ao modo como são tratadas pela sociedade. Mas nem só de mazelas vive a arte de Vik. Pelo contrário: o artista vai do lixo ao luxo na maior facilidade. ... /+/

Vik Muniz

Vik Muniz- O Ilusionista

05.05.08 10:54 | 1 comentário Vik Muniz é um ilusionista. Na maioria das vezes, é preciso olhar um mesmo trabalho dele duas, três vezes, para captar algo que um segundo atrás não estava ali. Sua arte suspira com mais suavidade, é espirituosa, nos intriga a perguntar coisas diante do que vemos. Paulistano que transita pelo Rio e por Nova York com a mesma facilidade com que vai do lixo ao luxo, Vik vai bem com tudo: fotografia, desenho, pintura, gravura.

Publicitário de formação, ele trocou as agências pelo ateliê a fim de poder pirar na batatinha sem censura do patrão. Desafio: campanha de uísque. Solução: cubo de gelo. Vik realmente acredita que o líquido em estado sólido era mais importante que o líquido destilado. E a ironia nem era aquela: hoje é Vik quem assiste a publicidade revisitar sua arte, e sem a menor cerimônia. Se isso é plágio ou reverência, o mercado já vem se perguntando. ... /+/

Man Ray, Gift 1921 (Object)

Duchamp, Manray, Picabia - Tate
Modern

04.05.08 00:48 | 1 comentário A exposição é dividida em 13 salas.

Sala 1

Introdução ao trabalho de cada um com textos explicativos sobre suas vidas e trabalhos.

Sala 2

Primeiros trabalhos. Picabia era um pintor impressionista em Paris. De relativo sucesso na época. Duchamp introduziu Picabia no círculo dos cubistas, pois seus irmãos eram figuras importantes desse movimento.

Sala 3

Os 3 artistas tentam vencer o desafio de criar imagens tridimensionais e em movimento como Picasso fazia, o que é a base do cubismo.... /+/

Duchamp,Manray,Picabia-Tate Modern

Duchamp, Manray, Picabia - “O
momento em que a arte mudou para sempre”

04.05.08 00:48 | comente este blog A Tate Modern mais uma vez arrasa com essa exposição de três figuras chaves do modernismo mundial.

Eles sempre foram estudados e apreciados separadamente por isso pouco se sabia da afinidade e dos pontos em comum entre esses 3 artistas.

Na primeira metade do século XX, eles eram o que havia de mais avançado na arte influenciando as artes moderna, contemporânea e até mesmo o nosso olhar para o que realmente significa a arte.

Mas o que é e o que pode ser considerado arte? O que é um objeto de arte? Qual sua definição? ... /+/

mulher africana

ZUPI

03.05.08 14:53 | 1 comentário Em seu terceiro ano, já é mania entre os novos ilustradores e designers gráficos. A comunidade no orkut tem mais de 3 mil integrantes, jovens da área do design gráfico, artistas plásticos, estilistas.

A revista é interativa, e tem a excelente iniciativa de publicar os melhores trabalhos, seja em ilustração, design, 3D, animação, motion, tipografia, pintura, grafite, moda, e outros. Boa parte de seu conteúdo parte desta iniciativa: na sua última edição (008/ano 03), na seção Galeria publicou 30 trabalhos inéditos, maioria de artistas nacionais, fora as matérias especiais. Grande oportunidade para o anônimo, de poder ter seu trabalho publicado.
... /+/



1 / 2 / 3 / 4 / 5 / 6 / 7 / 8 / 9 / 10 / 11 / 12 / 13 / 14 / 15 / 16 / 17 / 18 / 19 / 20 / 21 / 22 / 23 / 24 / 25 / 26 / 27 / 28 / 29 / 30 / 31 / 32 / 33 / 34 / 35 / 36 / 37 / 38



© Instituto Brasileiro de Cultura, Moda e Design  /  Todos os direitos reservados  /  TERMOS DE USO  /  CRÉDITOS  /  desenvolvido por